JornalismoLinguagemAtualidade

Postigo do Diálogo

  • Para começo de conversa

    Publicado por Carlos Chaparro em 25/02/2016

    Pra começo de conversa…

    … quero-vos dizer, caros internatutas, que tenho andado adoentado, sob ataque viral disfarçado de resfriado mas que, na virulência e na resistência, veio com jeito de gripe teimosa. Só agora, passados dez dias dos primeiros incômodos na garganta, consigo enfim me libertar de tosses, entupimentos nasais, roncos pulmonares, noites mal dormidas e lenços encharcados. E aqui estou de volta, agora em contatos que tentarei manter diários, neste “postigo de diálogo” que permanecerá sempre aberto.

    Entretanto, chamo a vossa atenção para o comentário (em vídeo) sobre corrupção, que está aí mais abaixo. Não é novo, mas continua atualíssimo, pois diariamente a imprensa nos traz novas histórias de roubalheira do dinheiro público. As narrativas vindas do Rio Grande do Sul e do Rio Grande do Norte, por exemplo, são de estarrecer.

    Mas o recado principal desta primeira conversa é dirigido aos estudantes de jornalismo de São Paulo. Todos estão convidados pelo Sérgio Gomes, e pela sua Oboré, para assistirem neste sábado (amanhã, dia 21), a partir das 9 horas, ao encerramento  do Módulo “Descobrir São Paulo, descobrir-se repórter”, do Projeto Repórter do Futuro. O ponto alto da programação será a aula magna a ser ministrada pelos jornalistas Eugênio Bucci e Celso Nucci, sobre o papel social, político e cultural do jornalismo.

    Quem quiser ficar por dentro dos detalhes da programação, clique AQUI.

    Na despedida, realce especial para a boa notícia que os jornais de hoje nos trazem: o STF rejeitou, por unanimidade, todos os recursos (chamados “embargos de declaração”) interpostos por dez réus na ação penal do “Mensalão”.

    E até amanhã!

    Carlos Chaparro

     

  • Linguagem jornalística, bem social

    Publicado por Carlos Chaparro em 25/02/2016

    Engana-se e engana quem pensa
    e age como dono
    da linguagem jornalística

    Escrevo de Juiz de Fora, aonde vim participar da aula de abertura de um curso de pós-graduação em comunicação empresarial, que a Universidade Federal de Juiz de Fora promove sob a coordenação do professor Boanerges Lopes.

    A aula aconteceu ontem à noite. E constituiu experiência inusitada para mim. Em vez daquela aula mais ou menos solene, na formalidade de um salão mais ou menos nobre, fomos levados para a livraria-café “A Terceira Margem”, no centro da cidade. E no espaço livre da galeria onde a livraria funciona, o conteúdo do que seria a aula de abertura foi oferecido aos alunos em forma de talk-show, em clima e com rigores de programa de televisão, por sinal muito bem comandado pela experiente e desembaraçada Christina Musse. Além de ex-repórter e atual apresentadora de programas de entrevistas na afiliada local da Rede Globo, Christina é professora no curso de Comunicação Social da Federal. E as duas vertentes da sua formação garantiram o sucesso da experiência.

    Gostei de ter participado desse criativo formato de aula inaugural, para uma platéia que calculei em 50 pessoas, da qual, além dos alunos do curso, faziam parte alguns professores e profissionais de jornalismo.

    E aqui deixo uma das idéias-eixo que organizaram a minha fala: a linguagem  jornalística é um bem social, que todos temos o dever de preservar, em especial os profissionais de jornalismo, qualquer que seja o local ou ambiente em que trabalhem.

    Voce já alguma vez pensou nisso? Pois aí está um bom tema para reflexões neste fim-de-semana.

    Até segunda-feira!

    Carlos Chaparro

     

     

cursos

Curso de jornalismo – aula 1

Aula 1 - Fundamentos introdutórios

Mais vídeo aulas